quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

                   TPN: Tensão Pré Natal


Este ano estou atacada! Não tem como fingir! Estou de TPN!!!
Se em anos anteriores eu enfeitava a casa toda com entusiamo de fazer inveja às crianças do maternal, neste, em compensação, estou totalmente fora do clima. Minha vontade é dizer (ou pendurar um bilhete na porta do quarto) :  "É. Natal. Me acordem quando tiver acabado. Fui." E dormir 24 horas.
Nâo é para menos: os sinos estão bimbalhando desde outubro. Não tem cristão que aguente.
Natal significa, entre outras coisas, a lista de presentes e algumas angústia inevitáveis: o que dar, para quem dar, quanto gastar. Se é uma delícia presentear alguém querido, é muito chato cumprir a formalidade de comparecer com uma lembrancinha sem emoção.
Outra fonte de desespero surdo: a festa. Duas refeições completas, uma infinidade de louças para lavar, conversas talvez não tão interessantes... Eu poderia passar sem essa.
Mas, há sintomas que indicam que a TPN seja endêmica: gente estressada demais nas ruas, trânsito ainda mais pesado, motoristas alucinados, amnésia do tão falado "espírito de natal". Não há espírito de natal que resista à disputa por uma vaga no estacionamento do Shopping num sábado à tarde. Esqueça. É guerra!!!
Para sobreviver resolvi me alienar. Não comprei presentes nem lembrancinhas, não sei onde será a festa, não invadi os supermercados em busca de peru...Ou seja, estou fazendo de conta que não é comigo. Espero que isso ajude. Felizmente a TPN tem uma grande vantagem sobre a famosa TPM: é só uma vez por ano. E já é mais que suficiente!!! 

2 comentários:

  1. Hahahaaa! Ri muito! É isso mesmo, concordo 100% com o post. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. É você naquela Lambreta?!!!!!

    ResponderExcluir